terça-feira, 14 de junho de 2011

Review - Episódio 1x09 "Baelor"


A guerra começou. E, como em toda guerra, as baixas são inevitáveis.

Spoilers Abaixo

Já está ficando clichê falar que “Game of Thrones” fica melhor a cada episódio, mas esta é a mais pura verdade. E Baelor apenas confirmou isso. Todas as tramas foram conduzidas com perfeição, e começaram a tomar rumos surpreendentes – para quem nunca leu os livros, e até para quem já leu.

Com a guerra anunciada, Catelyn decide ir até o zelador Filch, digo, Walder Frey, para pedir que ele deixe as tropas de Robb atravessarem o Tridente para a batalha contra Tywin Lannister – o que acaba custando promessas de casamento para Robb e até mesmo Arya. Do outro lado da batalha, tivemos Tyrion e o começo de sua (possível) relação com a prostituta Shae, onde foi revelado mais sobre o passado do anão e suas mágoas com relação ao pai.

Mas mesmo com a decepção de a série simplesmente não ter mostrado a batalha mais importante do livro (eu realmente queria ver Tyrion lutando, todo desengonçado), a trama terminou bem, com Robb mostrando toda sua esperteza ao enganar Tywin com uma distração, e surpreender Jaime com o verdadeiro ataque, capturando o gêmeo de Cersei – o que acaba sendo um trunfo para os Stark.

Enquanto isso, Daenerys (que no episódio passado exibia um corpinho de modelo, e neste apareceu com sua enorme barriga de grávida) precisa mostrar toda sua força como khaleesi após a queda (literal) de Drogo. Para evitar que seu marido morra e, consequentemente, também ela e seu filho, Dany decide apelar para a magia de sangue, uma arte proibida, e que rende a cena mais assustadora do episódio, com os arrepiantes gritos dentro da tenda. Mesmo com o alerta da bruxa Mirri Maz Duur para que ninguém entrasse na tenda durante o ritual, o bebê de Dany decide nascer bem na hora, e Jorah acaba entrando com ela no local – deixando o gancho para o próximo episódio.

Mas foi a cena final a grande sensação de Baelor. Praticamente todas as tramas do episódio serviram para pavimentar o caminho para o que eu considero uma das cenas mais chocantes já ocorridas numa série. Desde o começo, com a cena de Varys e Ned conversando nas masmorras, em que o roteiro excelente e o jogo de luz e sombra usado pelo diretor Alan Taylor deram a sensação de claustrofobia que a cena exigia, situando o espectador no martírio de Ned; passando pela discussão entre Jon e Meistre Aemon sobre escolher entre honra e amor, com direito a revelação sobre a ascendência do Meistre.

Pois guiado pelo amor, Ned decide confessar sua traição mesmo sendo inocente, e acaba condenado por Joffrey (Deus, como eu odeio esse garoto!) à decapitação. Os deuses sabem o quanto é difícil uma série me fazer chorar, mas toda a sequência foi conduzida com tanta perfeição sob o ponto de vista de Arya (Maisie Williams deu um show mais uma vez!) que foi impossível segurar as lágrimas.

Muitos reclamaram sobre a decisão de matar o protagonista da série, mas os roteiristas estão apenas sendo fiéis ao livro, o que eu louvo muito. É uma estratégia ousada, mas mesmo com a atuação inspirada de Sean Bean, Ned não era o personagem preferido do público, e será interessante ver as consequências de sua morte.

E vocês, o que acharam da morte de Ned? O que esperam do último episódio da temporada? Deixem suas opiniões nos comentários!

15 comentários:

spookyif disse...

Tenho os livros mas ainda n comecei a ler , vou esperar o final da temp 1 ....

qto a esse epi. 9 , realmente fiquei chocado com a morte de Ned.

uma coisa que nao curti muito foi que focaram demais nas conversas do anao e sua prostituta e nao focaram em nada nas batalhas e na captura do gêmeo.

o final do epi. realmente foi emocionante !

estou me segurando pra nao ler os livros, mas ainda nao sei o q é pior.....ficar sem le-los ou nao...aff

Diogo Soares disse...

Lê os livros que valem a pena, eu fico com pena é de terem cortado bastantes partes que estavam no livro.

Em relação à morte de Ned, quando estava a ler o livro foi um choque enorme não estava mesmo nada à espera, na série já sabia o que ia acontecer não foi choque.
Faz sentido que o Ned morra, os roteiristas mudam coisas mas mudar esta morte era mudar completamente a história.

Quero é ver como fizeram o final do livro que é no próximo episódio, se conseguiram "fugir" às batalhas não podem "fugir" ao final da temporada, Espero que tenha bons efeitos especiais.

Diogo Soares disse...

Á uns posts atrás li aqui no blogue que ia morrer uma personagem que nos livros só morre no terceiro, isso sempre é verdade? Ainda só li os primeiros 2 livros (cá em Portugal estão divididos em 4)

Gabi Castro disse...

Este último episódio foi de cortar o coração. Não só porque Ned morreu (quando li o livro, comecei a chorar como uma criança. Parecia que havia morrido um parente meu), mastambém porque eles cortaram as guerras. Estava louca para ver como seriam estas partes (que sempre são as melhores nos livros e filmes), mas quando vi que não teria nenhum, fique magoadíssima. Sinceramente, eles retiraram as partes que eu mais gostei do livro (as cenas com os lobos e as batalhas) e inceriram cenas desnecessárias (partes em que eles falam sobre o passado... Odeio quando os personagens conversam muito e agem pouco). Outra coisa que eu não gostei muito foram as cenas com Daenerys aparece (nunca gostei desta menina. Ela tenta ser decidida, mas eh muito insegura e ingênua. Tem que ser mais ligad na vida!).
Mas fora isso, este episódio foi espetacular. Arya sempre me encantou e, na cena final, ela aumentou ainda mais meu fascínio.
Porém, tem uma coisa que eu fiquei muito curiosa: ele li neste spoilers que Ned não era o personagem favorito do público. Se não era ele, então quem era? (o meu é e sempre será o Robb, apesar dele raramente aparecer, rs).

mam disse...

Ainda bem que foram fiéis ao livro e o Ned foi decapitado. É triste, ele vai fazer falta, mas tem de ser assim, para a estória não perder o rumo.
E na próxima temporada o Duende vai castigar um por um os envolvidos na morte dele. Vai dar pra sentir a alma um pouco mais lavada!

Caio disse...

Diogo,

O autor George R.R. Martin realmente disse isso. Mas se você ler a sinopse do episódio 10 (aqui no blog mesmo tem), acho que eles dão uma pista sobre o personagem que vai morrer.

Gabi,

Pelo que eu ando lendo, o favorito da grande maioria do público é o Tyrion. Eu, particularmente, gosto mais das mulheres: Cat, Dany, Cersei e Arya.

spookyif disse...

bem...

so complementando meu post inicial :

falando em personagens favoritos e tal, sou muito fã
de 2, que acho que terão papel mais q fundamental no decorrer da estoria...

Bran, acho q se tornará um heroí como poucos.

e o tão covarde Sam, que tem apesar de tudo, tem um carisma enorme e acho que fará algo grandioso em breve, porem temo que será morto tambem...

é. acho que vou ter que reassitir a todos os episodeos de novo, e de novo, e de novo..rs ou entao ler os livros, pois a segunda temp. vai demorar demais.... :(

Filipe Santos disse...

Eu li o primeiro livro e curto cada epísodio. Ai observo os outros que não leram e se impactam a cada episodio e tou pensando em não ler os livros e acompanhar a série e depois comprar para ver as diferenças

Caio disse...

Pensei em fazer a mesma coisa Filipe, mas acho que não vou conseguir. Já tá sendo difícil esperar a primeira temporada acabar pra começar o segundo livro... kkkkk

Mauricio Quirino disse...

Realmente,

Para mim, que não tenho os livros, fiquei chocado com a morte de Ned, ate porque eu estava imaginando varias outras alternativas menos a morte.

As conseqüências da morte de Ned, serão avassaladoras espero eu.

Único problema será aguardar a 2º temporada.

Espero que a continuação faça sentido e que deixe a gente ansiosos.

stafuzza disse...

Para mim o melhor personagem será snow.. Tem tudo para isso... Bastardo, corajoso e o único lobo branco dentre os irmãos(será que isso nao quer dizer alguma coisa?)... Ansioso pelo capítulo 10... Obs:comprei o primeiro livro...

Redley disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Redley disse...

Muito bom, Rob com a Astúcia e as palavras no final. A morte de Eddard Stark foi realmente Chocante.

Como é citado, Ned não é mesmo o Favorito, ainda acredito que Bran e Arya farão muita coisa no futuro.

E que venha a Guerra, cabeças irão rolar, quero ver a cabeça do Jaime na ponta de uma lança e o corpo sendo arrastado pelos cavalos.

Ricardo Torres disse...

Também fiquei em dúvida com relação ao personagem mais querido do público. O meu era o Ned.

Li semana passada uma comparação com os diretores de Lost, que achavam loucura matar o mocinho Jack logo início da trama. GoT seguiu o caminho inverso, fiel ao livro, e derruba logo um dos personagens por quem o público mais desenvolveu empatia.

Aposto no crescimento de Robb, Bran e Snow, agora que o pau vai comer com vingança.

Aliás, o contraste foi sensacional: Robb voltando com o valioso prisioneiro, episódio se encaminhando pra um "final feliz" e no fim a punhalada com a morte de Ned. Espetacular.

noni disse...

Fiquei chocada coma morte do Ned quando li o livro, mas passei aceitar quando vi o destino dos outros personagens, eles cresceram, e tornaram a história ainda mais cativante. Só fico bolada por ele não ter revelado nada sobre o nascimento do Jon!