terça-feira, 7 de junho de 2011

Review - Episódio 1x08 "The Pointy End"


Muito, muito foda.

Spoilers Abaixo

Não consigo encontrar uma expressão melhor pra definir The Pointy End, o episódio mais perfeito de “Game of Thrones” até agora. Não deve ter sido fácil para George R.R. Martin mexer em sua própria criação, mas o escritor fez um trabalho fantástico no roteiro do episódio, que já começou com o pé direito. Toda a sequência do ataque aos homens de Ned, enquanto Arya treinava com Syrio, foi muito bem escrita e dirigida, e aumentou ainda mais a tensão da trama.

Ned foi feito refém por Cersei, que usa sua influência para manipular o filho Joffrey (agora rei) e também Sansa, forçada a escrever para sua família, pedindo que eles aceitem o novo rei. A cena em que a garota é confrontada pelos verdadeiros traidores, assim como toda a cena final, me deixaram enojado (no bom sentido), tamanha a falsidade dos personagens. Palmas para o roteiro e para o elenco acertadíssimos.

A captura de Ned serve para unir algumas das tramas da série, com Robb reunindo os homens de seu pai para uma guerra contra os Lannister, enquanto Catelyn, diante da recusa de sua irmã em conceder homens ao exército de Robb, parte do Ninho da Águia e encontra o filho. É interessante notar o crescimento de Robb de uns episódios para cá, tentando mostrar que realmente não é mais um garoto, mesmo que para isso ele tenha que liderar um exército inteiro sem experiência nenhuma. Do outro lado do campo de batalha está Tyrion, que mais uma vez usa sua lábia para conseguir a aliança das tribos das montanhas – o que acaba sendo de muita ajuda para o exército dos Lannister. Estou louco para ver quando esta guerra eclodir (o que parece que vai acontecer no próximo episódio), porque mesmo as menções a ela já me deixaram excitado.

Enquanto isso, Jon precisa lidar com o fato de ser “o bastardo de um traidor”, e também com as forças místicas que estão surgindo além da Muralha. Os Caminhantes Brancos (acho que no livro eles eram chamados de “Os Outros”, mas tudo bem) finalmente retornam depois da assustadora sequência de abertura da série, apenas para meter mais medo – no público e também em Jon, que enfrenta uma das criaturas para salvar o comandante Mormont. Todas as (muitas) vezes em que a série cita o inverno que está chegando e as coisas além da Muralha, eu fico mais e mais ansioso para vê-los, e espero que minhas expectativas sejam superadas (li apenas o primeiro livro, portanto não sei o que vai acontecer).

Por último, mas não menos importante, tivemos a trama de Daenerys, que se vê no meio da selvageria causada por Drogo e sua promessa de conquistar o trono para o filho que ela carrega. Mesmo tendo endurecido desde que se tornou khaleesi, Dany mostra que tem sim um coração gentil (apesar de negar isso), e confronta até mesmo o marido para evitar que as mulheres capturadas no ataque sejam violentadas pelos Dothraki (adorei a cara de Drogo quando ela diz que "o dragão se alimenta de ambos, cavalo e carneiro"). Falar mais sobre essa trama seria dar spoilers desnecessários, mas gostei muito da luta de Drogo contra Mago, e também da introdução da bruxa Mirri Maz Duur.

“Game of Thrones” chega ao final de sua primeira temporada melhor do que nunca. E você, o que achou do episódio? O que espera dos episódios finais? Dê a sua opinião!

7 comentários:

mam disse...

Bom, se vc não leu o segundo livro, saiba que Jon sai em uma expedição ao outro lado da muralha, mas muito pouco é revelado.

E, sem dúvida o livro é mil vezes melhor. Eu achei que com mais tempo disponível, a estória seria mais detalhada, mas ficou muita coisa importante de fora e colocaram muitas cenas dispensáveis que sequer existem no livro. Quem não leu não pode sentir a verdadeira força da estória que é simplesmente empolgante e irresistível.
Ah, e o Drogo sem a trança com os sininhos e sem os anéis de ouro nos bigodes foi uma heresia! E tenho dito

Caio disse...

É uma tarefa difícil adaptar um livro para filme ou série. O livro sempre é melhor, mas no caso de "Game of Thrones", acho que a adaptação está muito competente. Não é 100% fiel, mas também não muda a história a ponto de tirar a essência dela.

E eu gostei bastante do Drogo da série. Acho que os sininhos e os anéis são legais no livro, mas ficariam muito estranhos na tela. rsrs

Arthurine disse...

Parabéns pelo site e pelos reviews Caio, são ótimos !!!

Mas COMO ASSIM, vc não leu o segundo livro ? é impossível ficar esperando 10 meses pra saber o que vai acontecer rsrsrsrs

Cara, terminei o segundo livro ontem e te digo, sem dúvida nenhuma, que é bem melhor que o primeiro... agora quero ver vc não ler :)

Caio disse...

Mas eu vou ler, Arthurine. Só tô esperando a primeira temporada acabar... Já tava quase morrendo de ansiedade, mas depois desse seu veredito eu fiquei mais ansioso ainda... =D

Floresta-Cinza disse...

Para mim, sem duvidas, o melhor episódio que eu vi até agora,realmente a adaptação esta perfeita, mto, mto, foda!

Ane disse...

Genteeeeeennn!!!Realmente é um muito bom o seriado…e ouvi dizer que vai ser baseado nos 4 primeiros livros da saga…o 5º (Dança de Dragões) vai ser lançado agora em Julho… estou lendo 4º livro (Tormenta de Espadas) e não consigo parar de ler…cada página uma surpresa…é como um jogo de xadrez…em que o mais inteligente e sagaz vence…as aparências enganam a cada momento…e as motivações não são apenas pelo poder…são tb motivações passionais, movidas por vinganças pessoais…existe muita histórias por trás da verdade aparente…Vale muito a pena continuar assistindo…Adoro o blog.Venho sempre aqui ler sobre a série.Sucesso pro Blog!!! Beijokas!!!

Caio disse...

Valeu pelos elogios Ane!

Bjão