quarta-feira, 1 de junho de 2011

Review - Episódio 1x07 "You Win or You Die"


“Game of Thrones” mostra que não é preciso grandes cenas de ação ou muitos acontecimentos para fazer um ótimo episódio. Basta um roteiro afiado e um clima de tensão constante, e a receita do sucesso está pronta.

Spoilers Abaixo

De fato, You Win or You Die poderia ter sido um episódio muito, mas muito chato, não fosse o excelente trabalho dos roteiristas na concepção de um roteiro cheio de ótimos diálogos e bastante tensão. Logo na primeira cena, fomos apresentados a Tywin Lannister, o pai de Jaime, Cersei e Tyrion, numa conversa com seu primogênito enquanto corta um veado em pedaços. Na verdade, acho que esse não é o tipo de coisa que Tywin faria, mas foi uma cena cheia de simbolismo e que cumpriu seu papel de apresentar a relação entre os personagens.

Outro ótimo momento foi o diálogo entre Cersei e Ned, talvez a cena mais antológica do livro, na qual a Mão revela saber as reais causas da morte de Jon Arryn e da queda de Bran, uma atitude ingênua e que pode acabar custando muito para ele. A rainha também revela mais sobre seus sentimentos, mostrando ainda mais a dualidade da personagem. Quem também revela seus sentimentos é Mindinho, que confessa ainda ser apaixonado por Catelyn enquanto assiste a uma cena de sexo lésbico um tanto quanto forçada.

Mas é a morte de Robert que acaba dando início ao verdadeiro jogo de tronos, com os personagens competindo pelo poder. Ned, para cumprir a última vontade de seu amigo; Cersei, para colocar seu filho Joffrey no poder; Renly, para mostrar que não é o fraco que todos pensam; Drogo, que decide conquistar o Trono de Ferro para o filho que Daenerys está esperando, depois que ela sofre uma tentativa de assassinato; e até Mindinho entra na brincadeira, mostrando que estava certo quando avisou a Ned que não confiasse nele – o que rende a cena final mais chocante da série até agora.

Enquanto isso na Muralha, Jon reaparece depois de dois episódios sumido, e é nomeado como um verdadeiro membro da Patrulha da Noite. Mas a raiva por não ter conquistado o cargo que ele almejava logo dá lugar a preocupação, quando o cavalo de seu tio retorna sem ninguém na sela, e Fantasma surge da floresta carregando uma mão humana. O que afinal está acontecendo ao norte da Muralha? Que perigos são estes aos quais a selvagem Osha se refere? Essa é uma trama que ainda vai render muito nos próximos episódios (e provavelmente nas próximas temporadas).

Enfim, o jogo de tronos já começou, e quando se entra nele, ganha-se ou morre! Façam suas apostas!

Um comentário:

Buccini disse...

Muito bom esse episódio. Parece que a coisa vai esquentar daqui pra frente. Estou lendo o livro I das Crônicas e gostando muito. A série esta realmente bem fiel ao livro até agora.
Ansioso pra ver o que George R. R. Martin vai fazer d episódio 08.