quarta-feira, 22 de junho de 2011

Entrevista com David Benioff e D.B. Weiss, roteiristas de "Game of Thrones"

Atenção: Spoilers do season finale de “Game of Thrones” abaixo...

Não é de se admirar que a HBO tenha renovado “Game of Thrones” tão rápido – a rede teria uma rebelião de fãs na sua porta se não tivesse renovado a série depois do episódio de domingo. Com Jon marchando para o outro lado da Muralha, Tyrion nomeado para governar Porto Real, Arya viajando para Castelo Negro, Robb declarado Rei do Norte, Sansa prometendo se casar com o assassino de seu pai, e Dany incubando um trio de dragões, o palco está montado para todos os tipos de drama na segunda temporada. Abaixo, os produtores executivos David Benioff e D.B. Weiss respondem, via EW, algumas das questões mais quentes desta temporada - e também da próxima:


EW: Em primeiro lugar, a pergunta que está na cabeça de todo mundo: Por que Hodor surge do nada correndo nu em uma cena?
David Benioff: Oportunidades iguais de nudez. Há um trecho no livro sobre ele ter o sangue de gigantes, e você precisa vê-lo para esse trecho funcionar. E nós não queríamos fazer a recatada piada de “Austin Powers” onde ele está coberto por uma baguette francesa ou algo assim.
D.B. WEISS: Eu penso, o que é tão assustador sobre pi**os? Metade das pessoas no mundo os tem, por que não colocá-los na televisão? Agora, se nós tivéssemos mostrado [o eunuco] Varys nu...
DB: Boa idéia, tome nota disso.

Obviamente, a morte de Ned Stark recebeu uma enorme reação dos telespectadores. Como foi isso para vocês na semana passada?
DB: Estamos em Belfast, nós estávamos a milhares de quilômetros de todos os gritos na América. Nós não tivemos uma reação sádica, não estamos tendo prazer na dor das pessoas, porque nós tivemos uma reação semelhante quando lemos o livro. Mas nós queríamos uma reação forte e nós tivemos uma. Eu acho que a apatia é a pior coisa ao fazer uma série como este. Se as pessoas estão furiosas, é ótimo que esse mundo fictício teve um impacto tão grande. Nunca houve um momento de dúvida sobre fazer isto desta forma.
DW: Para mim, lendo o livro, este foi o momento em que eu pensei 'Temos que fazer isso'. Ele resume todo este mundo.
DB: Para mim, este momento foi o pênis do Hodor.
[Risos]
DW: Nós dois temos o nosso caminho!

O que vocês diriam para alguns espectadores que estão escrevendo nos comentários "Ned e Drogo eram meus personagens favoritos, eu nunca mais vou ver esta série de novo"?
DW: É como se você jogasse o livro por uma sala e então corresse de volta para pegá-lo novamente.
DB: Se você está assistindo a série somente por Ned Stark, eu não estou certo de qual série você está assistindo. Claramente há um grande número de personagens, e Ned e Drogo foram partes vitais da história. Mas é crucial para nós criarmos um mundo onde você está constantemente apreensivo por esses personagens – como foi a nossa experiência ao ler os livros. Ele cria uma enorme quantidade de suspense. Você meio que se agarra aos personagens, então você descobre que pode perdê-los a qualquer momento.
DW: Não é algo que [o autor George R.R. Martin] faça bem ou mal. Ned morrer é contar uma verdade dura sobre o preço da honra e o preço da moralidade em um mundo onde nem todos têm os mesmos valores que você. Não é uma simples mensagem de redenção, onde você se sacrifica e salva o dia. Muitas vezes o sacrifício acaba sendo inútil.

A execução de Ned foi filmada com perfeição. Uma coisa que pareceu muito inteligente foi a adição de Arya e Ned vendo um ao outro.
DB: Há uma razão para [o diretor] Alan Taylor estar a alguns metros de nós: Nós o arrastamos de volta para Belfast para filmar mais quatro episódios da segunda temporada. No livro, Yoren simplesmente vê Arya, e isso parece uma pequena coincidência. Para nós, era mais importante que Ned fosse o único a vê-la e dizer uma palavra para ele, "Baelor". Tínhamos a estátua de Baelor e tinha o nome "Baelor" esculpido nela, e eu pensei que todos iriam ver. Mas não percebemos que a multidão ficaria bem na frente da palavra, quando filmamos. Felizmente as pessoas descobriram isso de alguma maneira. É a última coisa que Ned pode fazer para proteger a garota que ele ama tanto. E quando ele olha adiante e vê que ela se foi, espera que agora ela esteja segura, mas também agora tudo é apenas um mar de rostos com raiva e isso é tudo com o que ele foi deixado. Eu simplesmente adorei Sean Bean – ele transmitiu tanto sem diálogo algum.

A abertura do episódio final acabou mostrando a cabeça decepada de Ned, o sangue, o cadáver. Você pode falar sobre essa decisão?
DB: Não houve maneira de fazer isso no episódio nove sem obscurecer o que o momento deveria ser. Mas por outro lado, há algo duro e incontestável sobre o que aconteceu e nós não queríamos fugir disso. Há também um paralelo no primeiro episódio onde Ned decapita um desertor, e estamos vendo isto pela perspectiva de Bran. Foi dito muito especificamente para Bran "não desviar o olhar", e vemos a coisa toda. No episódio nove, mudamos de Ned para Arya, e disseram para ela "não olhe, não olhe", e Yoren a impede de ver – ela vai ser marcada de alguma maneira, mas não quero que ela tenha esta imagem em sua mente. Então, não vemos o que Arya não vê.
DW: Muitos espectadores tiveram uma reação de negação – de que Ned realmente não estava morto. Mas o episódio dez deixa claro que ele está morto. Houve muita discussão sobre quantos quadros de espada-no-pescoço seriam incluídos. Tivemos muitos argumentos fortes sobre a possibilidade de adicionar outro duodécimo de segundo da decapitação.

Nos livros, os personagens ocasionalmente tem flashbacks de momentos com Ned Stark. Vocês filmaram algum material adicional com Bean, que possa ser usado em futuras temporadas?
DB: Eu gostaria de poder dizer que filmamos.
DW: Muitos desses flashbacks ocorrem anos atrás, e o dublê de Sean é assustadoramente parecido com um jovem Sean Bean, então isso pode funcionar.

Não sei se você viu isto na internet, mas "Thrones" inspirou uma nova palavra, "sexposition" – a combinação de diálogo expositivo com uma cena de sexo.
DB: Nós realmente admiramos a criatividade dessa palavra.
DW: Infelizmente, na verdade nós não inventamos o uso do ‘sexposition’.
DB: Talvez tenhamos que criar uma nova ferramenta expositiva para a segunda temporada – como o uso de dragões.

Alguns fãs ficaram desapontados por não verem nada das batalhas, mesmo que elas não sejam muito detalhadas no livro também. Eu não acho que seja um spoiler dizer que há uma grande batalha no segundo livro. Vocês serão capazes de mostrar isso?
DB: Nunca houve muita discussão sobre filmar A Batalha do Bosque dos Murmúrios [os exércitos de Robb contra Jaime]. Nós tínhamos planos para mostrar Tyrion marchando para a batalha atrás da Montanha. Havia toda uma forma com que queríamos filmar seguindo o nível dos olhos de Tyrion enquanto a Montanha está derrubando os soldados. Por fim nós tivemos que tomar algumas decisões realmente difíceis. Corremos contra o tempo para filmar corretamente e nós preferimos ter uma grande cena com nossos personagens do que uma versão de baixa qualidade da batalha. Queremos ter algumas grandes batalhas, nós estamos trabalhando pesado para termos grandes batalhas na segunda temporada. Gostaríamos de ter mais lobos gigantes também.
DW: Há muitas coisas que podemos fazer muito melhor do que filmes. Mas há algumas coisas como batalhas e criaturas, que demandam muito dinheiro para ficarem boas, e isso envolve ser muito criativo e seletivo sobre como você mostra essas coisas para torná-las viáveis. Nós não queremos que elas se pareçam com um jogo de Playstation 2, queremos olhar para o mesmo nível [de qualidade] que o resto da série.

Aqueles dragões pareciam muito realistas, como nos grandes filmes do verão. Como é que você vai se dar ao luxo de continuar fazendo isso na segunda temporada?
DB: Eu não tenho idéia. Vai ser uma temporada de escolhas difíceis. Temos dragões, temos lobos gigantes crescidos, temos grandes batalhas. Apesar das mortes de vários personagens, temos um elenco crescente de personagens – tudo isso com a mesma quantidade de tempo para filmar.
DW: Isso vai ser muito legal.

Será que os lobos gigantes serão criados em CGI na segunda temporada?
DW: Será uma combinação de cães reais e efeitos visuais, e qualquer outra forma que pudermos fazê-los funcionar.

Quais são algumas das lições que vocês aprenderam filmando a primeira temporada que podem influenciar na segunda temporada?
DB: Toda vez que você tem um cavalo em uma cena, ele dobra o tempo de filmagem. Conhecemos muito bem o elenco, e agora escrever para os atores é uma vantagem enorme. Sabemos, por exemplo, que John Bradley (Sam) vai fazer uma leitura incrível desta fala. Isto deixa muito divertido escrever para estas pessoas que nós viemos a conhecer tão bem.

7 comentários:

Diogo Soares disse...

Espero que eles filmem a grande batalha do 2 livro. O GRRMartin financia alguma coisa para a série?

Caio disse...

Acho que não, Diogo. Pelo que eu sei, o Martin só ajuda (muito pouco) na escolha do elenco e nos roteiros. Quem financia mesmo é a HBO e as co-produtoras (que aparecem nos créditos finais da série).

Diogo Soares disse...

lol se faltar dinheiro ele deva investir, para o bem da série.

Rodrigo heraclio disse...

Muito bom, todos bem criativos, sempre com a pretensão de manter a qualidade.
Acho muito bom, como a maioria, ver Dragões e Lobos Gigantes em ação, no entanto, talvez realmente não seja possível uma apreciado combate, então seria melhor presarmos pela qualidade da série do que pela quantidade de "monstros".
Penso que uma ou duas cenas decisivas com os "monstros" seria suficientes para uma bom binômio qualidade-realismo que a série promete oferecer!

appu disse...

Spiderman homecoming Public Holidays 2017
Happy New Year 2017 SMS
enem 2016 resultado
cat 2016 result
new year 2017 wallpapers
resultado enem 2016
Diwali Wishes
Happy Onam Images Onam wishes Whatsapp Status for Christmas Christmas Whatsapp Status

azhar uddin disse...

new year special messages christmas fb wishes animated christmas greetings christmas quotes hd images So buddies don’t wait because there is many demands are arise for this lovely surprises which we have brought to you

azhar uddin disse...

January 2017 Calendar Printable This messages will make up bond and your connection boat together with relative, friends and families