segunda-feira, 10 de junho de 2013

Review - Episódio 3x10 "Mhysa"


Justo quando tava ficando bom...

Eu sinceramente não entendo a birra do público na internet com relação a este episódio de “Game of Thrones”. A esta altura, já está mais do que claro que o ápice de cada temporada da série se dá no penúltimo episódio, e que o último serve apenas para fechar alguns arcos e introduzir os que serão trabalhados na próxima temporada – e, neste sentido, Mhysa funcionou perfeitamente bem.

Minha reclamação em relação à temporada em geral foi apenas a enrolação dos roteiristas para desenvolver situações que poderiam ser desenvolvidas de forma mais direta, além de inserir cenas sem importância quando na verdade deveriam ter cortado material extra para fazer uma temporada mais dinâmica e sem enrolação. Ouso dizer que dava pra adaptar o terceiro livro todo numa temporada só, mas já que dividi-lo foi a saída encontrada por eles, não cabe a mim julgar (mas vocês sabem, a primeira temporada foi tão fiel ao livro que a gente ficou mal acostumado).

O fato é que “A Tormenta de Espadas” é o melhor livro da saga, mas esse título se dá principalmente pela onda de reviravoltas que a história toma depois do Casamento Vermelho – reviravoltas estas que acabaram sendo deixadas para a próxima temporada. Com as baixas da guerra, as tramas começam a se contrair, e percebemos que alguns personagens estão cada vez mais próximos. Os encontros de Sam com Bran e logo depois com Jon são exemplos claros disso, conferindo relevância para personagens aparentemente aleatórios, e amarrando as pontas entre as temporadas (o retorno de Castelo Negro e personagens vistos na primeira temporada me deixou meio eufórico). E pelo visto, essas histórias deverão se encontrar com a de Stannis, que vê no apelo da Patrulha da Noite e nas visões de Melisandre uma oportunidade de ampliar seu poderio e conquistar o trono, agora sem a “ajudinha” do sangue de Gendry.

Outra ponta que começa a se amarrar é a de Yara/Asha, que retorna apenas para partir em uma missão para resgatar o irmão Theon, cujo captor (como os leitores já esperavam) é ninguém menos que o bastardo de Roose Bolton, Ramsay, que mostra todo seu sadismo na cena em que caçoa de Theon por ter cortado seu “membro” fora. Todas as cenas de Theon e Ramsay ao longo da temporada continuam sendo totalmente desnecessárias, mas é de se esperar que com a chegada de Yara/Asha, a trama deles ganhe mais relevância.

Enquanto isso em Porto Real, foi ótimo ver todo o desenvolvimento das subtramas de Tyrion, Sansa, Joffrey e Cersei, que terão uma importância fundamental mais pra frente, principalmente com o retorno de Jaime, que me deixou um pouco surpreso e com lágrimas nos olhos (sim, eu torço por ele e Cersei, me julguem).

E não dá pra terminar o texto sem falar da belíssima cena que encerrou o episódio, com Daenerys mostrando uma tática diferente da usada por seus concorrentes ao conquistar o amor de seu povo. Foi um momento que deu a (falsa?) esperança de que algo bom está por vir, mas eu preferia que o episódio tivesse terminado com uma adaptação do epílogo do livro 3, um anticlímax muito mais interessante e que faria um paralelo com a cena final do episódio anterior.

Agora que as peças estão mais que posicionadas, só nos resta esperar pela quarta temporada, que trará os eventos realmente importantes de “A Tormenta de Espadas” mas que só estreará em 2014. A espera será longa, mas o inverno está vindo – e a previsão do tempo não é nada agradável para nossos personagens.

10 comentários:

Julia j. b. disse...

adorei a critica, e eu estou gostando da serie fugindo um pouco à serie, faz aos que leram os livros ficar na expectativa já que nos não sabemos o que vai acontecer.

Tatiana Castro disse...

Concordo plenamente!

Thaynan Lira Galhardo disse...

Esse episódio só deixou com gostinho de quero mais. Adorei ver a Arya matando o cara na floresta, o ódio dela ainda matará muita gente (espero..rs). E o final, principalmente... A nossa Khaleesi ficando ainda mais poderosa!!
E que venha a 4ª temporada! #NãoVejoaHOra

Ronald Luis disse...

Parabéns por todas as críticas.
A espera será árdua, mas terei tempo suficiente de ler o quarto livro (ainda estou no início).
As mudanças em relação ao livro, foram positivas, e nos deixam na ansiedade de saber o que irá acontecer.

wagner disse...

Eu ainda não tive coragem de assistir este episódio. Vi o começo, mas as primeiras cenas foram o suficiente pra parar. Acho que vou ter que me preparar psicologicamente, hehehe

Thaynan Lira Galhardo disse...

Alguém sabe se o Martin já deu alguma previsão de quando o próximo livro será lançado?

Cavaleiro Rubro Negro disse...


"And so he spoke, and so he spoke,
That lord of castamere,
But now the rains weep o’er his hall,
With no one there to hear."

So say we all... Rsrsrs


sarahcastanha disse...

Thaynan, só em 2014 =/

Thaynan Lira Galhardo disse...

Sara,

Obrigada!

Então, que venha logo 2014. :)

Raissa Feitosa disse...

I just got a Microsoft Points card code for free! :D http://microsoftpoints.freegiftcode.com/